Prefeitura do Rio alerta para risco de chuva forte durante tarde e noite desta sexta

Compartilhe

Previsão de chuva forte persiste ao longo de todo o sábado (15)

Rio de Janeiro registra chuva no começo da tarde desta sexta-feira (15) — Foto: Patrícia Teixeira/ G1

Rio de Janeiro registra chuva no começo da tarde desta sexta-feira (15) — Foto: Patrícia Teixeira/ G1

Alerta da Prefeitura do Rio de Janeiro emitido no começo da tarde desta sexta-feira (15) afirma que núcleos de chuva estão se formando pela cidade e devem ganhar força ao longo da tarde e noite. A orientação é que os moradores da cidade que puderem, voltem mais cedo para casa para evitar engarrafamentos, alagamentos e outros transtornos.

As altas temperaturas contribuem para aumentar ainda mais as nuvens de chuva. Estão previstas as rajadas de vento de até 80 km/h. Um sistema de baixa pressão também fortalece ainda mais as nuvens de chuva.

A previsão de chuva forte persiste ao longo de todo o sábado (15). A cidade segue em estágio de atenção.

Imagem do radar do Centro de Operações Rio que mostra a chegada de chuva à capital fluminense — Foto: Reprodução/ COR

Imagem do radar do Centro de Operações Rio que mostra a chegada de chuva à capital fluminense — Foto: Reprodução/ COR

Interdições

De acordo como último boletim do Centro de Operações Rio (COR), a Avenida Niemeyer permanece totalmente interditada, em ambos os sentidos, para o trabalho das equipes da Prefeitura do Rio na contenção das encostas, remoção da lama e retirada de árvores com ameaça de queda. Para os moradores da região, a via está liberada entre o Leblon e o Vidigal. Os outros motoristas que trafegam entre Gávea e São Conrado podem utilizar o Túnel Zuzu Angel.

Estrada das Canoas segue com bloqueios, em diversos pontos, devido a um deslizamento de encosta e um afundamento de pista.

Recomendações

O COR pede que os moradores da cidade, em caso de alagamento, não caminhem pelas águas pois há perigo de correnteza, ferimento com objetos, buracos ou doenças.

As autoridades pedem também que sejam evitadas as margens de córregos e rios e que a atenção ao dirigir seja redobrada.

FONTE: g1.globo.com/rj/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.