Prefeitura coleta mais de 560 toneladas de resíduos no Carnaval de SP

Compartilhe

A cidade mobilizou 3.363 funcionários e mais de 45 toneladas de recicláveis foram coletados por mais de mil catadores remunerados durante o pré e o Carnaval de São Paulo

Ananda Migliano/Estadão ConteúdoMais de 3 mil funcionários foram deslocados para recolhimento do lixo na cidade entre o pré-carnaval e o Carnaval

A prefeitura de São Paulo, por meio da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), coletou 560,6 toneladas de resíduos durante o período de pré-carnaval (15 e 16 de fevereiro) e Carnaval (21 a 25 de fevereiro). O volume inclui resíduos coletados nos desfiles de rua e no Sambódromo do Anhembi.

O município mobilizou 3.363 funcionários, entre varredores, motoristas, cooperados, coletores e fiscais. Segundo a prefeitura, os resíduos secos coletados no período foram enviados para as duas Centrais Mecanizadas de Triagem da capital (Ponte Pequena e Carolina Maria de Jesus), com o objetivo de reciclar o máximo possível do material.

Para o descarte correto dos resíduos, havia 2.804 equipamentos espalhados pela cidade, como Pontos de Entrega Voluntária (PEV’s), cestos aramados, papeleiras e contêineres, além de 355 caminhões para coleta. Na lavagem das vias, foram utilizados cerca de 3.630 m³ de água de reúso e 8.764 litros de desinfetante, de acordo com dados do município.

O total de 51,8 toneladas correspondem aos quatro primeiros dias de desfile no Sambódromo do Anhembi. Uma equipe realizou a limpeza da avenida entre os intervalos das escolas de samba e também no entorno do sambódromo. Além disso, duas cooperativas – Central Tietê e Rainha da Reciclagem – coletaram os materiais recicláveis nas arquibancadas, quiosques e camarotes no sambódromo, durante os quatro dias de desfile.

O trabalho das cooperativas também chegou às ruas: além dos resíduos serem enviados para as centrais mecanizadas, a prefeitura fez parceria com a iniciativa privada para mobilizar catadores formais e informais a coletarem materiais recicláveis durantes os bloquinhos.

Mais de 1.200 catadores participaram da ação e 45,2 toneladas de recicláveis foram coletados durante o pré e o Carnaval da cidade. A prefeitura informou que os catadores receberam remuneração diária e também pelo peso dos recicláveis coletados.

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal das Subprefeituras, autuou ainda 169 pessoas flagradas urinando em vias públicas desde o pré-carnaval. Só ontem (25) foram 22 autuações. Durante as intervenções, também foram realizadas 5.096 apreensões relacionadas ao comércio irregular.

*Com informações da Agência Brasil