Pequim registra 1ª morte provocada pelo coronavírus

Compartilhe

Ao todo, segundo o Comitê de Saúde Pública de Pequim, 80 pessoas estão infectadas na capital

EFE/EPA/WILL OLIVERAutoridades chinesas suspendem transporte em cidade onde novo coronavírus foi identificado

O Comitê de Saúde Pública de Pequim anunciou nesta segunda-feira (27) que foi registrada a primeira morte na capital da China provocada pela pneumonia de Wuhan, que já foi diagnosticada em 2.744 pessoas em todo o país.

A vítima do novo coronavírus é um homem de 50 anos, que havia visitado a cidade de Wuhan, epicentro do surto, e retornou à Pequim no último dia 15. Em seguida, começou a apresentar febre, de acordo com o órgão local.

Ao todo, ainda segundo o Comitê de Saúde Pública de Pequim, 80 pessoas estão infectadas na capital.

Com o novo caso, o número de mortos por causa da pneumonia de Wuhan chegou a 81. Neste domingo, a Comissão Nacional de Saúde havia divulgado que 2.744 pessoas foram infectadas em todo o país.

A província de Hubei, que tem Wuhan como capital, é a mais afetada pelo surto, com 1.423 casos, seguida por Guangzhou, com 146.

Com o objetivo de ganhar tempo para conter a propagação do coronavírus, o governo da China adiou o fim do feriado do Ano Novo no país, que terminaria nesta quinta-feira, para o próximo dia 3.

Órgãos como universidades, escolas, creches e outras instituições de ensino adiaram indeterminadamente a abertura do semestre.

*Com informações da EFE