Neymar vê PSG forte na Champions e forma ‘time dos sonhos’ com Ronaldo e Romário

Compartilhe

Divulgação/PSGNeymar está na sua terceira temporada como jogador do PSG

O atacante Neymar falou sobre o período conturbado que viveu no ano passado, revelou suas metas para 2020 e classificou o Paris Saint-Germain como um time mais preparado para vencer a Champions League. Em entrevista à Red Bull Neymar Jr’s Five – torneio de futebol de amador-, nesta terça-feira (7), o astro também projetou o seu time dos sonhos com jogadores que ele não atuou .

Primeiramente, o camisa 10 do PSG voltou a tratar o ano de 2019 como de aprendizado. No período, Neymar conviveu com várias lesões e problemas extracampo, como a agressão a um torcedor rival e a denúncia de estupro por parte da modelo Najila Trindade.

“Eu acho que superação. 2019 foi um ano muito difícil para mim em todos os sentidos, tanto profissional quanto pessoalmente. Foi um ano de aprendizado, de muitas reviravoltas. Acabei me machucando e tive que voltar a me reerguer novamente. Depois, acabei me machucando novamente. Então, foi um ano de superação, de reviravoltas. Mesmo que possa ter parecido ruim, foi um ano de muito aprendizado, de muita experiência. Que 2020 seja melhor”, disse.

Na sequência, Neymar foi perguntado se acreditava na conquista inédita da Liga dos Campeões. Empolgado, o brasileiro afirmou que vê a equipe mais qualificada do que em edições anteriores.

“Pode ser que sim. Em questão de elenco, desde que estou aqui, é o ano em que estamos mais preparados, mais fortes em todos os sentidos. Temos chances, sim. Por mais que o Paris nunca tenha vencido a Champions League, a gente vai brigar por tudo. Sabemos da nossa qualidade, do nosso elenco e esperamos, obviamente, que no final de tudo possamos estar lá na decisão”, comentou.

“Minha maior expectativa é vencer tudo o que eu puder com o Paris e com a Seleção Brasileira. Buscar novos desafios, chegar à final da Champions League, vencer a Copa América novamente. Então, são esses desafios que eu pretendo conseguir em 2020”, continuou.

Já perguntado com quais jogadores ele gostaria de ter jogado, Neymar citou Ronaldo, Romário, Zidane e Ibrahimovic.

É difícil, é difícil. Tem muitos jogadores que eu gostaria de ter jogado. Só um só pode falar? Pode falar mais (risos). Romário é um deles, Ronaldo, por mais que eu tenha jogado a despedida com ele, Zidane e Ibrahimovic.