Mulher que passou pela Itália é o primeiro caso confirmado de coronavírus na Grécia

Compartilhe

EFE/EPA/MATTEO CORNERCoronavírus chega com força à Europa

Autoridades gregas confirmaram o primeiro caso do coronavírus no país. Uma mulher de 38 anos que retornou de uma viagem à Itália foi diagnosticada na cidade de Thessaloniki, no norte do país.

Segundo o Ministério da Saúde, a paciente está em boas condições de saúde, e isolada em um hospital de referência da cidade. As pessoas que tiveram contato com ela estão sendo localizadas para a inclusão na quarentena, que deve durar 14 dias.

Nesta terça-feira o governo da Grécia aprovou um protocolo de emergência para enfrentar a doença. O plano prevê a contratação de médicos e outros profissionais de saúde, além da requisição de leitos em hospitais particulares para internação dos infectados, caso necessário, e limitação ou suspensão de itinerários de ônibus, trens e voos, bem como a proibição de eventos públicos.

O porta-voz do governo, Stelios Petsas, informou que as medidas vão ser aplicadas gradativamente, conforme avanço da epidemia.

* Com EFE.