CBF antecipa pagamento a árbitros e assistentes em meio à pandemia

Compartilhe

César Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoLuiz Flavio de Oliveira é um dos árbitros mais famosos do Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai antecipar, a partir de hoje (6), o pagamento da taxa de arbitragem para os juízes e assistentes aptos do quadro nacional, tendo em vista a paralisação do futebol em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O anúncio foi feito na noite de ontem (5), por meio de nota oficial publicada no site da entidade.

Ao todo, serão destinados aproximadamente R$ 900 mil reais a 479 profissionais da área. Individualmente, cada um receberá de acordo com o maior valor pago para a categoria à qual está inserido. Esta é a segunda vez em que a entidade decide liberar recursos para os agentes das regras do futebol. Em abril também houve antecipação de pagamentos.

A nota oficial destaca ainda que, além do apoio financeiro disponibilizado aos árbitros e assistentes, a Comissão Nacional de Arbitragem está oferecendo atendimento psicológico, aulas teóricas ministradas por videoconferência e orientações para manter o condicionamento físico durante o período de inatividade.

No dia 16 de março foram suspensas, por tempo indeterminado, todas as competições nacionais sob a coordenação da entidade – Copa do Brasil, campeonatos brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20. A primeira antecipação de auxílio financeiro – também de R$ 900 mil a 479 profissionais – ocorreu no dia 1º de abril.

*Com Agência Brasil