Caiu! Ídolo do Milan, Boban é demitido do cargo de diretor de futebol

Compartilhe

ReproduçãoBoban foi demitido do cargo de diretor de futebol do Milan

O Milan anunciou a demissão do diretor de futebol Zvonimir Boban. Através de comunicado oficial, na tarde deste sábado (7), o clube italiano agradeceu o serviço prestado pelo ex-jogador croata e respaldou Stefano Pioli, treinador do time.

“O AC Milan confirma que informou Zvonimir Boban da rescisão do seu contrato como Diretor de Futebol do Clube com efeito imediato. O clube agradece a Zvonimir por seu serviço ao clube nos últimos nove meses e deseja a ele tudo de bom para sua futura carreira profissional”, informou a agremiação rossonera.

“O clube continuará apoiando Stefano Pioli e sua primeira equipe em todas as áreas e está otimista com os próximos jogos da temporada 2020. A ambição do clube continua a regressar ao topo do futebol europeu, investindo de forma responsável na equipa, em conformidade com o UEFA Financial Fair Play”, continuou,

Ex-meio-campista, Boban vestiu as cores do Milan entre 1991 e 2001. Lá, ele foi importante na conquista da Champions League de 1994, além de outros campeonatos nacionais.

CEO do Milan, Ivan Gazidis afirmou: “Agradecemos a Zvone por seus esforços nos últimos nove meses e desejamos-lhe felicidades em seus futuros empreendimentos. Precisamos agora voltar nossa atenção para o futebol e os jogos importantes que estão por vir. Stefano Pioli e seus os funcionários estão fazendo um trabalho excepcional aumentando o desempenho da equipe todas as semanas e terão nosso total apoio enquanto continuam esse trabalho, em um momento difícil para o país”, falou.

Na sétima posição do Italiano, o Milan soma 36 pontos, três a menos que o Napoli, primeiro time dentro da zona de classificação para a Europa League.